Grife Refazer

Marca 10 Anos

Damos o peixe, mas fazemos questão de também ensinar a pescar. Assim, garantimos a continuidade do trabalho feito no Refazer mesmo após a despedida das famílias. Uma das maneiras de fazer isso é através da Grife Refazer, um programa de capacitação e geração de renda criado em 2006 para as mães das crianças e adolescentes assistidos.

As mães aprendem a bordar, costurar e montar bijuterias que se transformam em lindas peças. A Grife também atende pedidos de empresas e lojas. Uma designer desenha os produtos, que são manufaturados nas casas das mães, facilitando a execução do trabalho e o cuidar das crianças e adolescentes para confeccionar o restante em casa. Com esse trabalho elas ajudam a complementar a renda da família e podem estar perto de seus filhos.

Os produtos podem ser comprados no nosso atelier na rua Hans Staden, 10 C.

O Programa Grife Refazer conta com o patrocínio da ExxonMobil.

Exxon

A responsável pela Grife é Suely Porto Leite, que acredita que o impacto mais imediato é a geração de renda e a possibilidade de produzir de casa.

“Elas não tem como se inserir no mercado pois, em sua maioria, têm filhos cronicamente doentes.”

Mas Suely destaca também o aumento da auto estima:

“Estamos falando de pessoas que chegam a nós com a auto estima em frangalhos. Saem do programa sabendo que têm capacidade de produzir e de gerar renda para cuidarem de suas famílias. Saem daqui sabendo que são capazes.”

1 Comment

  • Renata Rotundo
    Olá fiquei sabendo do Instituto de vocês e achei sensacional! Minha irmã é mãe de um adolescente autista e não consegue trabalhar fora, e precisa ficar em casa com ele. Ela só consegui trabalhar de casa. Ela acaba de se separar do seu companheiro que deixou ela sem nada e com dividas e sumiu. Ele não é o pai do Alexandre (o adolescente autista) então não há nem como pedir pensão. A situação dela está ficando insustentável e o auto estima dela ainda pior. Estamos em São José dos Campos/ SP, e gostaria de saber se vcs tem alguma filial aqui por perto, ou se há como ela partcipar do seu programa, mesmo de longe. Talvez enviando os produtos por correio? Muito obrigada antecipadamente. Um grande abraço Renata Rotundo

Leave a comment